Justiça e órgãos de segurança combatem o crime eleitoral em Alter do Chão

setembro 21, 2018

A Justiça Eleitoral de Santarém (20ª, 83ª, E 104ª), em parceria com o Ministério Público Eleitoral e as polícias Federal, Rodoviária Federal e Militar estão realizando fiscalização na cidade e intensificando as ações na vila de Alter do Chão, por conta da Festa do Sairé.
O objetivo é a verificação da legalidade da propaganda eleitoral e apurar possíveis denúncias de crimes eleitorais, principalmente em relação a compra de votos.
De acordo com o juiz eleitoral, Gabriel Araújo, todas as noites, equipes estarão de prontidão para evitar abusos no processo eleitoral. Quem for flagrado fazendo propaganda irregular, está passível de multa. Nos casos de crime eleitoral, como oferecer dinheiro, presente ou qualquer vantagem para o eleitor em troca de voto, ainda que a oferta não seja aceita, será punido com detenção, reclusão e pagamento de multa, previstas no Código Eleitoral e em outras leis. 

O juiz explica que no período de 8h às 22h, é permitido usar alto-falante; comícios, passeatas, carretas e caminhadas, mas alerta para algumas proibições como dar camiseta, boné, chaveiro, cesta básica.
Gabriel Veloso adianta que para qualquer denúncia, as pessoas podem ligar para 3523 2989, que funciona 24 horas.

Você pode gostar também

0 comentários

LER TAMBÉM:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe