Lei Seca será mais ampla no Pará

outubro 05, 2018


Apenas 12 estados adotarão a lei seca nas eleições de domingo (7). Na maioria deles, a portaria que regulamentou a medida restringe tanto a venda quanto o consumo de bebidas alcoólicas. Aqui no Pará, a lei proíbe a venda e o consumo das 0h às 18 horas. Além disso, está proibida também a realização de festas dançantes em clubes, casas de shows, boates, bares e similares.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) proibiu a venda e o fornecimento, ainda que gratuito de bebidas alcoólicas. A fiscalização será feita pelas polícias Civil e Militar, tanto na região metropolitana de Belém quanto no interior do estado.

O eleitor, portanto, não pode ingerir nenhum tipo de bebida alcoólica, nem sequer uma latinha de cerveja até o fechamento das urnas às 18 horas. A pena prevista para quem for flagrado bebendo álcool é de três meses a um ano de prisão, além de pagamento de 10 a 20 dias de multa.

Aqui em Santarém, segundo o coronel Heldson Tomaso, do Comando de Policiamento Regional - 1 (CPR-1), o Centro de Gestão Integrada vai funcionar no Centro Regional de Governo, montado para fiscalizar os atos durante as eleições, sobretudo, combatendo possíveis crimes eleitorais. Os órgãos de segurança vão iniciar o trabalho em cumprimento à lei seca a partir das 0 horas do dia 7.

O trabalho de monitoramento será feito por mais de 350 policiais.

Você pode gostar também

0 comentários

LER TAMBÉM:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe