Situação do Caps II é tema de reunião na promotoria

março 01, 2019


A situação atual do Centro de Apoio Psicossocial (Caps II), de Santarém, foi o tema de reunião na sede da promotoria de justiça de Santarém, na quinta-feira (28), presidida pela titular da 11ª promotoria de justiça Cível, Larissa Brasil Brandão. Um dos principais problemas é a falta de médico psiquiatra para atender.

Foram tratados também a estrutura física do prédio, a falta de veículo, os repasses dos recursos federais e a possível habilitação para Caps III. Os representantes do Caps esclareceram que atualmente o principal problema do Centro é a falta do médico psiquiatra para atendimento dos pacientes. Desde dezembro de 2018 estão sem esse profissional e contam apenas com uma médica clínica geral.

A coordenadora de saúde do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, Talita Cunha, propôs a contratação de um profissional por produção. O secretário de Governo, Henderson Pinto, se comprometeu em levar a situação ao secretário estadual de Saúde e dar um posicionamento até o dia 31 de março. A diretora da 9ª Regional da Sespa, Marcela Tolentino, informou que já protocolou pedido para contratação de médico clínico geral e psiquiatra para o Caps II.

Quanto à estrutura física do imóvel, o secretário regional deve providenciar, no prazo de 30 dias, uma vistoria técnica pelo coordenador de infraestrutura e logística do CRGBA, que deverá ser encaminhada à Secretaria Estadual de Saúde. A promotora de justiça ressaltou que eventual projeto de reforma deve atender às normas de acessibilidade.

Foi esclarecido ainda que o recurso federal previsto na portaria nº 3.089/11, do Ministério da saúde, está sendo depositado na conta do Estado, mas há a dificuldade burocrática na sua utilização.

Fonte: Divulgação I MPE

Você pode gostar também

0 comentários

LER TAMBÉM:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe