Líder no mercado de cabos elétricos, Alubar investe em saúde de colaboradores

abril 06, 2019

Neste domingo, 7, é celebrado o Dia Mundial da Saúde – data instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para discutir o assunto em nível global. Nas Américas, o tema trabalhado nas celebrações de 2019 é "Saúde universal: para todas e todos, em todos os lugares".

Para melhorar os indicadores da saúde em todo o mundo, a OMS destaca que é necessário o engajamento de governos, mídia, profissionais da área, comunidades e empresas. A Alubar, empresa líder de mercado e que oferece soluções em condutores elétricos de alumínio e cobre, é signatária do Pacto Global das Nações Unidas e está comprometida com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – o que inclui a saúde e bem-estar.

Uma das ações da empresa para investir no bem-estar profissional, mental, físico, espiritual e social é o Programa Viva Bem. Há três anos em funcionamento, o programa oferece aos mais de 750 colaboradores diretos da Alubar consultas médicas e nutricionais, sessões de ginástica laboral, estímulo a atividades físicas e campanhas de prevenção de doenças crônicas como hipertensão, diabetes, hepatite e câncer.

As vantagens para o trabalhador são maior resistência ao estresse, estabilidade emocional, motivação, eficiência, melhor autoimagem e melhor relacionamento. “Além disso, a instituição é beneficiada com trabalhadores mais saudáveis, com menor número de acidentes, absenteísmo e rotatividade”, afirma a nutricionista Karine Mamoré, responsável pela execução do programa na Alubar. Os pilares do Viva Bem são o desenvolvimento profissional, mental, espiritual, físico e social dos colaboradores.

Para 2019, uma das metas da OMS é reduzir os casos de doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares. Segundo a Organização, problemas do tipo são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes do mundo – o que equivale a 41 milhões de falecimentos. Desse total, 36,5% são pessoas que morrem prematuramente, com idade entre 30 e 69 anos. A maioria dos casos ocorre em países de baixa e média renda.

A nutricionista da Alubar, Karine Mamoré, ressalta que o Programa Viva Bem tem a alimentação saudável como uma das principais preocupações. “Na busca de otimizar seu tempo, os trabalhadores evitam realizar atividade física e optam por refeições rápidas, realizando escolhas de alimentos ricos em gordura, sódio e açúcar, o que eleva o risco de desenvolvimento de doenças crônicas. Por isso que a Alubar investe em ações relacionadas à saúde e qualidade de vida no trabalho. Além da alimentação, aspectos físicos, sociais e emocionais também precisam de atenção”, finaliza a profissional.

Fonte: Temple Comunicação

Você pode gostar também

0 comentários

LER TAMBÉM:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe