Diocese de Santarém realiza a 19ª Semana da Comunicação

maio 23, 2019

Uma semana de programação com reflexões sobre a igreja na Amazônia e as redes sociais como lugar de encontro

Pelo 19º ano consecutivo, a Diocese de Santarém, no estado do Pará, do Regional Norte 2 da CNBB, realiza a Semana Diocesana da Comunicação, coordenada pela Pastoral da Comunicação (Pascom). Criada em 2001, a programação tem o objetivo de marcar a passagem do Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado pela Igreja na Solenidade da Ascensão do Senhor. Neste ano, a Semana da Comunicação ocorrerá de 25 de maio a 2 de junho com o tema “Comunicação e Ecologia Integral na Amazônia: tecendo redes para o mundo”.

A temática está em sintonia com o Sínodo para a Amazônia e o com a mensagem do Papa Francisco para o 53º Dia Mundial das Comunicações Sociais (2 de junho). A coordenadora da Pascom na Diocese, Rosa Rodrigues, destacou que a Semana da Comunicação vai proporcionar momentos de reflexão sobre esses dois aspectos que são de grande importância. “É fundamental em nossa temática abordarmos o Sínodo que vai ocorrer em outubro deste ano no Vaticano, pois é um evento de nossa Igreja que discutirá os anseios da evangelização na Amazônia. Além disso, fazemos uma ligação com a mensagem do Papa que traz um apelo para que o ambiente digital, com a internet e as redes sociais, seja espaço de encontro das pessoas”, explicou.

Nessas quase duas décadas, a Semana da Comunicação ocorre sendo um espaço para promoção de debates e reflexões sobre o fenômeno comunicacional que envolve toda a sociedade, envolvendo lideranças católicas, comunidade acadêmica, escolas e a sociedade em geral. A programação é realizada com atividades em nível diocesano e nas regiões e áreas pastorais, descentralizando as ações.

Na 19ª Semana Diocesana da Comunicação, haverá dois momentos mais ampliados. O primeiro será a abertura, no sábado, 25 de maio. Representantes das áreas e regiões, membros das equipes da Pastoral da Comunicação e lideranças vão participar da missa de abertura na Igreja Sagrada Família, bairro Aeroporto Velho, às 18h - Região 4 de Pastoral. Após a missa também haverá show musical do Clube da Evangelização do Sistema Diocesano de Comunicação.

Sábado, 1º de junho, será realizado o “Colóquio: Comunicação e Ecologia Integral na Amazônia”, com assessoria de Paulo Martins, coordenador do setor de Comunicação da Rede Eclesial Panamazônica (Repam) Brasil. Terá reflexões sobre a Repam, o Sínodo para a Amazônia e o papel da comunicação na Igreja em meio a essas discussões. O evento ocorrerá no salão paroquial da Igreja São Francisco de Assis, bairro Caranazal, das 8h às 18h. A iniciativa é destinada aos agentes da Pascom, padres e demais lideranças das áreas/paróquias, pastorais, movimentos eclesiais e comunicadores. As inscrições devem ser feitas até o dia 30 de maio no Centro Diocesano de Pastoral, com taxa de 10 reais.

Durante os dias da semana serão realizadas atividades diversas sobre a comunicação na igreja, organizadas pelas comunidades, paróquias/áreas ou regiões pastorais. Estão programados: encontros, rodas de conversas, oficinas e missas (programação completa anexa).

Sínodo para a Pan-Amazônia

A Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Pan-Amazônia foi convocada pelo Papa Francisco em outubro de 2017, e ocorrerá em outubro de 2019 destacando o tema “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

O Sínodo é uma instituição permanente da Igreja Católica que foi criada pelo papa Paulo VI, em resposta aos desejos dos padres do Concílio Vaticano II. A intenção é manter vivo o espírito de colegialidade nascido na experiência conciliar.

De acordo com o Documento Preparatório, o Sínodo vai refletir sobre os novos caminhos de evangelização que devem ser elaborados para e com o povo de Deus que habita na região amazônica.

Dia Mundial das Comunicações Sociais

A iniciativa foi proposta pelo Concílio Vaticano II, a partir da qual a igreja "se sente intimamente solidária com o gênero humano e com a sua história" (Gaudium et spes, Proêmio). O primeiro Dia Mundial das Comunicações Social foi celebrado em 7 de maio de 1967 com o objetivo de "chamar a atenção dos seus filhos e de todos os homens de boa vontade para o vasto e complexo fenômeno dos modernos meios de comunicação social" (trecho da mensagem Paulo VI para o 1º Dia Mundial das Comunicações Sociais).

Neste ano de 2019, a mensagem de Papa Francisco traz o tema “Somos membros uns dos outros” (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana, com o qual ele vem "convidar uma vez mais a refletir sobre o fundamento e a importância do nosso ser-em-relação e descobrir, nos vastos desafios do atual panorama comunicativo, o desejo que o homem tem de não ficar encerrado na própria solidão".


Fonte: Ascom/Diocese de Santarém 

Você pode gostar também

0 comentários

LER TAMBÉM:

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe